domingo, 14 de julho de 2013

Bruma, a tua decisão é soberana!!!


Caro Bruma,

tens todo o direito de te rodeares de quem bem entenderes. Sejam eles tutores, representantes ou empresários. Contudo, mesmo aconselhado por vários "amigos", a decisão final é tua!!!
Se tu quiseres, mesmo contra a opinião dos teus conselheiros, assinas a renovação de contrato pelo Sporting.

Acredito que o presidente vai colocar acima dos egos, os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal.

Caro Bruma, caso reconsideres e regresses a casa, o auditório será pequeno para te saudar.

36 comentários:

  1. Vais poder vê-lo,mas, no Estádio do Dragão. A esta hora, já lá cantam uns bónus por fora, por exemplo, um carrito quiçá uma casita. Lembram-se como foi o Futre parar lá acima ?

    ResponderEliminar
  2. Depois de toda a borrada que a direcção inventou, acho difícil.
    O caso estava resolvido com a anterior direcção, não assinaram porque acharam, e bem, como vinha uma direcção diferente, que deviam aguardar.
    A questão aqui é só uma, eles não têm dinheiro, andam a dar o que outros trouxeram, mais dois estão para sair, e por isso arranjaram este cenário.
    O problema é que podemos ficar sem jogador e sem dinheiro.
    Da parte dos representantes houve disponibilidade para resolver a negociação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acharam que deviam aguardar a renovação porque vinha uma direcção diferente. Mas já não viram qualquer problema em vender o Wolfswinkel e dar mais uns trocos aos amigos banqueiros.

      Coerências...

      Eliminar
    2. Renovar custa dinheiro e com a AG já marcada os tais banqueiros não libertaram a verba. Porque é que achas que o Barroso agora é só explicações? Há palhaçadas que saem muito caras mas senão consegues compreender a diferença entre comprar e vender...

      Eliminar
    3. companheiro esta direção tem responsabilidades desde dezembro do ano passado o bruno o sampaio o barroso e outros amigos são responsáveis desde essa altura pois influenciaram muitas das decisões tomadas daí para cá portanto agora não venham com desculpas e quanto a trocos os novos empresários são mais ou menos generosos diz lá!

      Eliminar
    4. É público, confirmado por ambas as partes.
      Sem se conseguir ir á Liga dos Campeões, mediante uma proposta bastante interessante, foi um bom negócio para o clube.
      Já agora deixe de dizer tolices, e de inventar falsidades! O dinheiro serviu para pagar o que devemos.
      Os bancos só são malandros quando convém á vossa agenda, mas se não fossem os bancos o seu chefe já estava no antigo trabalho.
      Se tivesse um mínimo de sportinguismo, estava era preocupado, com um jogador que nos podia dar muitos milhões, e assim se calhar vai nos dar tostões,devido á irresponsabilidade do seu chefe

      Eliminar
    5. Isto é de uma incompetência, para não aplicar outras palavras menos simpáticas. impressionante

      " Depois de o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, ter colocado completamente de parte o empresário israelita Pini Zahavi, na altura representante de Bruma, a ponto de não o ter recebido - o agente FIFA teria em mãos uma proposta do Chelsea de cinco milhões de euros... -, eis que o desenrolar do processo parece ter levado o responsável máximo dos leões a repensar a estratégia, a ponto de ontem ter solicitado a presença de Nir Zahavi, sobrinho de Pini e seu representante na Península Ibérica, em Alvalade.

      Nesse sentido, os dois acabaram mesmo por encontrar-se no gabinete de Bruno de Carvalho, no multidesportivo situado no Estádio José Alvalade, e sentaram-se finalmente à mesa, num encontro ultra secreto, que decorreu da parte da tarde.

      Os dois, de acordo com dados recolhidos por A BOLA, ultrapassaram então algumas questões que levaram a uma rutura total há não muito tempo, e terão tentado acertar uma estratégia que permita manter Bruma em Alvalade.

      Isto, numa altura em que o próprio Bruma já rescindiu o contrato de representação que o ligava ao empresário israelita, alegando «perda de confiança», como afirmou, na altura, o seu advogado, Bebiano Gomes

      Eliminar
  3. Oxalá! Mas, infelizmente, tenho uma elevada dose de cepticismo.
    Estando profundamente dividido e dilacerado, o jovem Bruma optará pelo seu tutor Catió Baldé em detrimento do Sporting, por razões muito profundas que decorrem do seu próprio “ser”, do seu local de origem e do seu percurso de vida.
    Como sabemos, apesar da globalização, não há uma cultura universal, mas culturas particulares inerentes à especificidade de cada sociedade. Ao problematizar a sua própria realidade cultural de acordo com um processo dinâmico de situação num determinado tempo e lugar, Bruma reconhecerá e aceitará o papel da tradição e da memória social na reanalisação do passado, em situação de presente, e com uma função integradora. Então, a figura de Catió Baldé, o tutor e o “familiar”, será determinante em todos os momentos de decisão. Seria como que trair-se a si próprio.
    Por outro lado, já existem demasiados mal entendidos. Há uma ferida aberta que não permite racionalizar devidamente tudo o que está em confronto.
    Como sportinguista gostaria que não fosse assim. Mas, dentro do que é possível concluir, tudo isto é do domínio da memória social e da longa duração histórica e social.
    Resta-me desejar que seja contratado um Antropólogo para trabalhar com os jovens da Academia. Tal como o Psicólogo, mas num patamar diferente, o Antropólogo é indispensável para descodificar a totalidade dimensional da realidade cultural dos jovens formandos (europeus, africanos e sul americanos), tendo como ponto de partida conceitos, atitudes e valores que se relacionam com o fluir temporal, a permanência e a evolução, a memória e a tradição, tornando aquilo que parece aos europeus como intrínseco, inevitável e estável, afinal dramaticamente transitório.
    É o caso de Bruma.

    ResponderEliminar
  4. Romeu Magalhães, empresário de Ghilas, garantiu, à Rádio Renascença, que o avançado "está à margem da situação do pré-acordo", a propósito do direito de preferência exercido pelo Sporting, explicando que Vítor Magalhães, presidente do Moreirense, "não era obrigado" a comunicar ao jogador o acordo que tinha feito com o clube leonino.

    ResponderEliminar
  5. Os andrades, para além de terem défices mentais graves (vide o Caldeira e o Reinaldo Teles), hábitos discutíveis (frequência de casas de passe)e dedicarem-se a práticas ilegais (corromper árbitros com fruta), agora iniciaram um nova modalidade: desviar jogadores com contrato de outros clubes. O esterco será sempre o esterco.

    ResponderEliminar
  6. Valeu Conselheiro, à Sporting!

    Também anda por aí uma carta aberta do facebook que também teve a mesma ideia mas é o facebook, uma vergonha.





    ResponderEliminar
  7. Infelizmente o Sporting também é quem o representa e hoje é muito pouco atractivo jogar no Sporting, basta ver o sms do Virgílio ao Bruma, quando até já deviam saber que o jogador não ia treinar. Também deve ter assustado o Aria e vamos lá ver o Ilori.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  10. Como era expectável sai mais uma salva de palmas para o nosso querido líder. Depois de tudo quando já mandaram escrever na blogosfera devemos todos estar agradecidos ao Bruno por nos ter livrado de mais um péssimo profissional e fico por aqui para não estar agora a descer tão baixo como alguns já fizeram questão. Obrigado Bruno! Só não se percebe bem a inversão da estratégia ao ponto de já andar outra vez atrás do Zahavi. Esta gente não existe, isto já vai muito para além de um simples estado de alienação, a roçar mesmo o culto da personalidade e a adoração religiosa. As vendas essas já entraram em velocidade de cruzeiro e ao pacote é mais barato e só gasta um laço. Há que poupar para mais entulho.

    ResponderEliminar
  11. O encontro com o Zahavi agora é só para se certificar se a fama que precede os judeus é mesmo verdade e se ele tem disponíveis já os tais 30M. Ou para ver se ainda desvia o Bruma das garras do Dragão. É uma tristeza, o Porto só entrou na corrida quando verificou o impasse na renovação, agora em Junho. E hoje parece que até já os nossos novos amigos estão com vontade de entrar na corrida.

    ResponderEliminar
  12. Deviam era ter dado ouvidos a quem ainda implorou para chegar ao menos ao fim da época porque havia como há sempre muitos dossiers em andamento. Agora no mínimo espera-se que os grandes responsáveis se cheguem à frente e respondam perante todos os sócios. Não é assim a democracia que tanto apregoam?

    ResponderEliminar
  13. Já só falta o Bruno vir dizer que não há cursos para presidentes e que ainda está a aprender. E diga-se de passagem que o Inácio também não tem sido de grande préstimo, outro que também é melhor na bancada da oposição.

    ResponderEliminar
  14. Como o Sporting não é um supermercado o pior do pack "compre 2 pelo preço de 1 que nós não podemos pagar os ordenados" ainda é o tempo que o clube vai levar depois no futuro para voltar a ser atractivo aos olhos dos bons jogadores, o tempo que leva para recuperar a credibilidade para voltar a comprar bem. Se bem que a palavra credibilidade não deve dizer nada aos actuais dirigentes que não compreendem, só mesmo depois de alterações profundas no funcionamento do futebol no SCP podemos ambicionar voltar ao mesmo patamar anterior à actual direcção.

    ResponderEliminar
  15. " Bruma acusa o Sporting de o tentar afastar de Cátio Baldé depois de ter conseguido que rompesse a ligação a Pini Zahavi.

    "O Sporting pressionou-me para deixar o empresário Pini Zahavi, e eu, achando que era esse o grande obstáculo, rescindi com ele. Depois queriam que fizesse o mesmo com o Cátio Baldé e o meu advogado [Bebiano Gomes]. Percebi que estavam mais preocupados com empresários do que em resolver a situação", diz em entrevista ao "Correio da Manhã".

    Bruma mostra gratidão para com Baldé: "Estamos a falar de alguém que é como um pai. Se eu não tivesse seguido os seus conselhos, se calhar não estavam agora a lembrar-se de mim. Lembro-me, que com 16 anos, recebi uma proposta de 600 mil euros mas ele quis que eu ficasse no Sporting. O doutor Bebiano é um homem sério e grande profissional".

    ResponderEliminar
  16. " Bruma: «Já não há clima para voltar»

    Bruma sente-se magoado com o Sporting por não ter feito todos os esforços para que continuasse no clube.

    "Sei que devo muito ao Sporting mas não foi por minha culpa que chegámos a este ponto", afirma em entrevista ao "Correio da Manhã".

    O jovem leão diz estar de "consciência tranquila", uma vez que se o Sporting o "tivesse valorizado, a questão já estava resolvida".

    Questionado sobre a possibilidade de ainda haver um entendimento com o Sporting responde: "Não me parece que isso seja possível. As coisas chegaram a um ponto sem retorno. Acho que já não há clima para isso. Agora, vou trabalhar tranquilamente e aguardar pela decisão da justiça".

    "Face ao comportamento do Sporting, não tinha outra solução que não rescindir", frisa.

    Bruma destaca ainda: "Gostei de estar no Sporting, foi onde cresci. Deixei lá muitos amigos, espero que compreendam. A vida é assim, tenho de olhar em frente e pôr em prática, noutro lado, tudo o que aprendi naquela Academia".

    ResponderEliminar
  17. Tão a ver a porcaria que vocês fizeram, seitas!
    Arranjem um clube, e vão para lá curtir as mocas.

    ResponderEliminar
  18. " O lado direito da defesa do Sporting tornou-se alvo da investida leonina no mercado.

    Tudo porque a saída de Santiago Arias para o PSV Eindhoven - antes saíra Miguel Lopes para o Lyon - deixa Cédric sozinho como lateral-direito no plantel de Leonardo Jardim, ainda que Esgaio, da equipa B, possa ser uma alternativa.

    O jovem colombiano, 21 anos, chegou a Alvalade no verão de 2011 e parte agora para a Holanda - será apresentado segunda-feira -a título definitivo, acompanhando o médio Schaars que está já no país natal, onde realiza os habituais exames médicos antes de assinar o contrato com o PSV"

    ResponderEliminar
  19. Ó CL, epá isto é uma vergonha, é um saque!
    Estão a delapidar completamente o plantel.
    O que nos podia dar retorno de vários milhões, atletas de qualidade, estão a ser oferecidos

    ResponderEliminar
  20. Agora é que o aldrabão quer reunir com o Zahavi? Primeiro declarou guerra aos empresários, aos agentes, etc, agora que o jogador já rescindiu é que já se dispõe a trabalhar com eles? Pensa que tem a mesma facilidade em vencer os outros agentes do futebol como teve para tomar o poder no Sporting? Engana-se. Tarde pias-te e por isso já foste. Resta-nos "rezar" que o miúdo vá para o estrangeiro, para não passarmos por mais vergonhas e enxovalhos.

    ResponderEliminar
  21. O Sporting tem de rever a posição da nossa academia. Quanto custa a formação de um jogador ?quanta custa na totalidade a formação?

    Julgo que a continuar corremos o perigo de formar para os outros e para as seleções Nacionais.

    ResponderEliminar
  22. Para ti deixo-te apenas isto http://www.maisfutebol.iol.pt/sporting/bruma-sporting-godinho-lopes-renovacao-estreia/1418830-1457.html esta noticia é de fevereiro deste ano após a estreia do Bruma pela equipa principal do Sporting. Tem atenção especial no parágrafo em que o Catio Baldé diz "O Bruma tem contrato pelo resto desta época e mais a próxima, mas o presidente quer deixar este assunto fechado antes de sair. Por isso estamos a negociar a renovação de contrato por mais quatro anos, até Junho de 2018".

    ResponderEliminar
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  24. A ser verdade o que li hoje na imprensa sobre um encontro de BdC com o sobrinho do Zahavi,ficamos a saber da honorabilidade do representante máximo do Sporting!Quando se tem o cú a arder a caçança e a berraria dão lugar ao pedido de batatinhas...Estamos entregues a principiantes que se diziam doutores e especialistas! Onde iremos parar?!?

    ResponderEliminar
  25. Com o Zahavi foi mais uma vez a voz da inexperiência que falou, há muitos jogadores em fila de espera e não foi por falta de avisos. Não se percebe é o Inácio, com uns professores tão bons, não há saldos no Sporting, é a liquidação total porque ganham todos muitos Milhões, não dão comissões e ainda nenhum dirigente tem ordenado neste Sporting. E tiveram estes pobres de espírito a distinta lata de chamar infiltrado ao Domingos.

    ResponderEliminar
  26. O Bruma saiu porque o Bruno viu do banco que não tinha o cérebro a funcionar em prol do Sporting e decidiu não renovar. Jogadores do campeonato do Porto e Benfica também são todos para sair e o que vai valer ao Sporting é que o Bruno vai fazer uma perninha quando for preciso. Quem frequenta ou conhece minimamente a Academia tem que forçosamente conhecer Balde pelo bom trato, Bruma não foi o primeiro e não será o último jogador a chegar a Alcochete por seu intermédio e que eu saiba até à data sem razão de queixa do Sporting, muito pelo contrário. Gestão danosa é também dar de bónus um jovem promissor e com muito talento como Árias para despachar Schaars, um dos melhores médios em Portugal.

    ResponderEliminar
  27. Continua a brincadeira e depois querem ser levados a sério por alguém no futebol, o Bruma a renovar ficava com uma cláusula maior que o CR7. Cláusulas de 45M e depois oferece os bons jogadores. Já não deve haver dinheiro também para os laços. Palhaço!

    ResponderEliminar
  28. Saudar animais, apenas no circo e no zoo. Se não quer não faz falta, que ganhe o carro novo e que conduza tão bem como o Cherbakov.

    Com esta idade só lhe fazem a cabeça porque ele quer. Que vá para o c........

    ResponderEliminar
  29. O melhor conjunto de comentários à actual direcção que tenta desesperadamente fazer esquecer tudo de mau que se passou à volta de Bruma precipitando mais duas renovações com mais dois jovens. O cumulo da incapacidade e da incompetência, já não é preciso ver mais nada, estamos tramados e bem tramados, ainda mais que a incapacidade custa ouvir tanta falsidade da boca de dirigentes leoninos.

    ResponderEliminar