quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Pois...


"É mau haver muitos candidatos, porque vai gerar dispersão de votos e um presidente do Sporting, e já se viu por este último, tem que ter o apoio dos seus associados. O presidente que for eleito vai ser o que somar mais votos, mas não o que toda a gente quer"

No passado, nem todos perceberam: ganha quem tem mais votos!!!
E para depois destas eleições, os candidatos derrotados e os seus indefectíveis apoiantes, respeitarão a decisão dos sócios no processo eleitoral?
Ou, se os resultados não agradarem, será necessário "ouvir" novamente, os sócios até eles "dizerem" o que o "movimento" quer "ouvir"?

6 comentários:

  1. Eu acho que os estatutos deveriam prever segunda volta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens todo o direito de achar pá! Mas para agora não haverá nenhuma 2ª volta. Mete os papeis para alteração dos estatutos, em vez de andares aqui a cagar postas de pescada... Pôrra para o homem...

      Eliminar
    2. Tu é que devias meter os papéis! Demência dá reforma antecipada!

      Eliminar
  2. Chiça, olha p'rá frente pá! Deixa lá as eleições de há dois anos! Quem ganhar, nem que seja por um voto, será Presidente do Sporting. Se não gostares, vomita que isso passa!...

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Claro que se for o BC que venha a ganhar por um voto, ou por "meio-voto", terá toda a legitimidade e já não será necessária segunda volta, nem qualquer outro "movimento" ou "ouvir" os sócios novamente.
    Infelizmente creio que vão aparecer mais candidatos que nas últimas eleições. Alguns poderão ver nisso um sinal de grande vitalidade do clube. Não creio que seja assim, mas apenas um sinal de que muitas pessoas se preocupam mais com o seu ego do que com o futuro do SCP.
    Gostava que não houvesse mais que dois, no máximo três candidatos, sejam eles BC, DF, PB, JC ou qualquer outro.
    Por aquilo que essas pessoas demonstraram até aqui, tenho uma opinião sobre elas e não acredito em "projectos" nem em manifestos eleitorais, lamento, mas isso não existe em futebol, pelo menos em Portugal, nem na política existe!
    Mas seja quem for o vencedor, por um voto ou por mais que isso, era bom que pudesse contar com o apoio de todos depois das eleições, no entanto, tenho muitas duvidas que tal suceda.
    Não acredito que estas eleições venham resolver esse problema, na verdade nem as eleições que o JEB ganhou por cerca de 90% dos votos resolveu!!
    Gostei da atitude das claques hoje, para variar, espero que se mantenha essa atitude, não só durante o perído eleitoral mas também depois.

    ResponderEliminar